Assassinado principal cientista do programa nuclear do Irão

O cientista Mohsen Fakhrizadeh, apontado como o responsável do programa nuclear iraniano, foi morto a tiro esta sexta-feira em Teerão.

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Javad Zarif, aponta o dedo a Israel, embora não existam informações oficiais sobre quem foram os autores do ataque. O conselheiro militar do Ayatollah Ali Khamenei acusa Israel de tentar provocar uma guerra com este assassinato.

Israel não fez, até agora, quaisquer comentários à morte do cientista nem reagiu às acusações que lhe são feitas.

O ataque aconteceu na cidade de Absar, condado de Damavand, 40 quilómetros a leste de Teerão, capital do país. Segundo a agência FARS, o veículo onde o cientista de 63 anos seguia foi primeiro atingido por uma explosão e, em seguida, por disparos de metralhadoras.

Mohsen Fakhrizadeh-Mahabadi foi transportado para o hospital, mas acabou por morrer.