Eucalipto pode ajudar a prevenir risco de incêndios

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto concluíram que o eucalipto pode ajudar a prevenir o risco de incêndios e a reduzir os prejuízos na agricultura

 

 

O eucalipto tem propriedades herbicidas que ajudam a prevenir o risco de incêndios e a reduzir os prejuízos na agricultura, revelou hoje, em comunicado, investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

 

Este estudo faz parte do projeto PEST(bio)CIDE’, que procura reduzir o uso de herbicidas sintéticos que têm “impacto no ambiente e saúde animal” e que “levantam cada vez mais preocupações na sociedade”.

 

Financiado por três anos pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), o objetivo do projeto é “obter um biocida que possa ser facilmente preparado sem grandes conhecimentos técnicos, e que seja capaz de controlar eficazmente o crescimento de ervas daninhas causadoras de grandes prejuízos na agricultura”, diz Fernanda Fidalgo, investigadora da FCUP.

 

Os investigadores avaliaram o impacto do extrato aquoso feito a partir destas folhas de eucalipto em culturas de interesse agronómico e os resultados permitiram concluir que este “não só não afetou a performance fisiológica de tomateiros, como ainda estimulou a resposta do sistema antioxidante, o que poderá contribuir para uma possível preparação destas plantas para episódios futuros de ‘stress’”, afirma a investigadora Mafalda Pinto.

 

O próximo passo do projeto será avaliar a segurança ambiental do biopesticida produzido, assim como a sua eficácia em ensaios de campo.

 

Além dos investigadores da FCUP/GreenUPorto, o projeto conta com a colaboração de especialistas da Universidade do Minho (do grupo BioISI) e da Universidade de Aveiro (do grupo GEOBIOTEC).