Governo dos Açores isenta pagamento de creches

Artur Lima, vice-presidente do Governo dos Açores, disse esta terça-feira, na comissão de Assuntos Sociais que o executivo açoriano pretende isentar o pagamento de creches até ao décimo escalão de rendimentos em 2021.

O vice-presidente falou na comissão de Assuntos Sociais, na Assembleia Regional, na cidade da Hora, a propósito do Plano e Orçamento da região para 2021 e pretende tornar as creches gratuitas até ao final da legislatura.

“Na anterior legislatura isentámos o pagamento de creche até ao sétimo escalão, o governo vai isentar até ao décimo escalão e pretende, até final da legislatura, que todas as creches sejam gratuitas na região autónoma dos Açores”

 

Com esta iniciativa o vice-presidente do executivo regional PSD/CDS/PPM destacou aos deputados a intenção de “reconfigurar o combate à pobreza” na região.

Artur Lima quer ainda “reforçar os cuidados aos idosos”, através da “filosofia envelhecer em casa”, sendo que, para isso, será lançado em 2021 um projeto-piloto com uma verba de 719 mil euros.

Termos os idosos em casa no final da legislatura o máximo possível é para nós muito gratificante, é uma medida de grande avanço civilizacional, que o Governo dos Açores, de forma inovadora em Portugal, vai implementar pela primeira vez

Na segunda-feira, o vice-presidente do Governo dos Açores, afirmou que o Plano e Orçamento da região irá ter cerca de 33 milhões de euros para a área social e 20 milhões de euros para a habitação.

Durante esta semana decorrem, na cidade da Horta, as audições aos membros do Governo Regional de coligação PSD/CDS-PP/PPM (e apoio parlamentar do Chega e Iniciativa Liberal) no âmbito do Plano e Orçamento da região para 2021.

A proposta de Orçamento dos Açores para este ano é de cerca de 1.900 milhões de euros, dos quais 165,7 milhões destinados ao transporte aéreo e à reestruturação da empresa aérea da Região Autónoma dos Açores, a SATA.