Itália impõe quarentena de cinco dias a todos os viajantes da UE

De acordo com o Ministério italiano da Saúde, Itália vai impor uma quarentena de cinco dias e a obrigação da realização de testes a todos os viajantes do Estados-membros da União Europeia. A data de entrada em vigor desta nova medida ainda não foi divulgada.

Tal como já estava a acontecer com os países fora da UE, com a entrada em vigor desta nova medida todos os viajantes da UE passam também a ter de fazer um teste antes da partida e no final da quarentena. Segundo o ministério, a medida “aplica-se a todos os que saem e chegam”, incluindo os italianos. Atualmente, a maioria do país está sujeito a severas restrições, como o encerramento dos bares e restaurantes ou a limitação de viagens, de modo a conter contágios da terceira vaga de Covid-19.

Esta segunda-feira, Itália sofreu um aumento da pressão hospitalar e registou mais 12.916 infeções por Covid-19 e 417 óbitos. Atualmente, existem 565.993 casos ativos no país, dos quais 32.884 estão hospitalizados e 3.721 estão internados em Unidades de Cuidados Intensivos. Desde o início da pandemia, em fevereiro do ano passado, o país registou 3.544.957 infeções, das quais 108.350 acabaram por morrer.

Em Itália já foram administradas 9.499.293 doses da vacina contra a Covid-19, sendo que já estão imunizadas com as duas doses 2.996.933 pessoas.