Inês Lourenço

Quem me conhece sabe que sou distraída por natureza. Gosto de contar histórias desde pequena e, para isso, faço uso da minha capacidade descritiva. A minha curiosidade aliada ao fascínio que tenho pela língua portuguesa levaram-me a acreditar que o jornalismo constituí o meu modo de estar na vida.